Just another WordPress.com weblog

QUE LUGAR É ESSE?

Roraima, terra de ninguém? Talvez. Não dá para compreender como este pequeno lugarejo localizado ao extremo-norte desse imenso Brasil pode ser tão ignorado por todos os lados envolvidos. Somos a menor economia do país, a menor população; logo, formamos o menor colégio eleitoral, e isso, é que faz de Roraima uma terra de ninguém.

Exagero? Coisa nenhuma! Olhemos então para as ruas, para a educação, para o entretenimento, para a saúde, para a segurança; a capital Boa Vista pode muito bem se passar por um bairro minúsculo de alguma das grandes cidades. Perguntamos: será que nossos governantes não sabem administrar um bairro? Saber eles sabem; só não o fazem porque assim é mais fácil ludibriar os pobres governados e assim arrecadar muito dinheiro para férias na Europa e coisa e tal.

Nos prédios públicos, parece que as dívidas ‘comeram’ verbas importantíssimas (ao menos é o que dizem os governantes). Não há linhas telefônicas, Internet, água, energia elétrica e muito menos o bom e velho ‘cafezinho’. Restaurantes que deveriam servir alimentação rica em proteínas e carboidratos ao valor de R$ 1, ou tiveram aumento nesse valor ou tiveram que fechar por falta de “empresas contratadas para fornecerem a comida”.

Inadmissível como os pobres cidadãos são tratados neste Estado. As leis nunca são para todos e somente os poderosos podem abrir um largo sorriso e dizer: “Como é bom viver em Roraima”. E por razões óbvias, claro. Já era tempo de deixarmos de ser província e se tornar um Estado legítimo, que goza dos mesmo direitos das demais unidades federativas. Mas para isso, é preciso boa vontade da classe política e mais atenção por parte dos cidadãos, na hora do voto. Isso tudo pode parecer simplório, mas na hora faz uma enorme diferença.

Tesoura do mal

E a ‘tesourinha’ do Governo do Estado e da Prefeitura de Boa Vista segue fazendo a festa. Houve um corte fenomenal de verbas, por conta da redução no Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), o que representa um rombo considerável em ambos os setores do Executivo. As despesas são incríveis, o que vai acarretar em obras paradas, projetos sociais cancelados, e menos festas populares, como o Carnaval (veja texto logo abaixo). E pode esperar um turbilhão de greves em 2011, mobilizadas pelas entidades sindicais trabalhistas. Pois aumento de salário, bônus e inserção de gratificações por isso e por aquilo não serão algo tão viável. É um mal que os roraimenses terão que enfrentar, talvez sem muito resultado, pois a considerar pelos acontecimentos similares já ocorridos, a tendência é só piorar.

Sem ‘esquindô’ e batuques

Como já cantava a galera esperta do Los Hermanos, ‘todo carnaval tem seu fim’. O de Boa Vista teve. A medida foi anunciada esta semana por uma equipe da Prefeitura de Boa Vista, considerando que o município não tem condições de manter uma festa do porte do Carnaval, por conta das dívidas e do pouco recurso disponível. Além da grande estrutura utilizada na festa, as escolas de samba costumeiramente eram agraciadas com verbas para a implementação dos desfiles, carros alegóricos, fantasias, entre outros. Isso tudo não será possível também, o que representa em uma festa popular a menos no calendário de Boa Vista (e podem esperar o mesmo para a Festa Junina e as festividades de fim de ano). Com isso, muitos comerciantes vão deixar de lucrar, como é comum no período carnavalesco. A festa é um grande atrativo turístico, sobretudo por atrair gente da Venezuela e da República da Guiana. Isso também não vai acontecer. Não sou fã de carnaval, porém há muitas pessoas que dependem disso para sobreviver. Entretanto, é possível que algumas pessoas podem muito bem reavivar a chama dos antigos carnavais, com direito a marchinhas, cantigas de roda e muito ‘esquindô’. Bom, veremos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s