Just another WordPress.com weblog

ENGULA ESSA AGORA!

Suquinho de uva: para chegar ao tom carmin, foram necessários mais de 70 mil cochonillas, dos quais foram extraídos o devido corante

Sabe aquele suco delicioso feito a partir de néctar de frutas, geralmente de tons carmins (uva, morangos, groselha, etc)? Pois é! Saiba que ao tomar um copinho disso, saiba que você ingeriu nada menos que uma série de Dactylopius coccus. Ou seja, trata-se de um insetinho conhecido como cochonilla. Duvida? Dê uma olhada nos ingredientes do tal suco e você vai encontrar: “corante natural carmim de cochonilla”. Nunca reparou? Difícil, já que nós não temos o costume de ler coisinhas longas, pequenas e cujas palavras são estranhas e cansativas de ler. Mas vamos entender o que é o cochonilla.

De acordo com a boa e velha Wikipedia1, o cochonilla é um inseto da ordem das hemípteras, ou seja, parente da cigarra e dos pulgões. Por aí já se tem uma ideia do negócio. É do cochonillaque são extraídos os corantes necessários para dar o tom carmim aos sucos que mencionei no início. E para se chegara aproximadamente meio quilo do corante, faz-se necessário o sacrifício de 70 mil bichinhos!!! Que nós ingerimos sempre e nem fazíamos ideia.

Esse é o cochonilla, inseto da ordem das hemípteras, ou seja, parente da cigarra e dos pulgões

De acordo com a enciclopédia livre, o ácido carmínico era originalmente utilizado pelo povo mexicano asteca, para tingir tecidos e foi introduzido na cultura ocidental por volta de 1.500 pelos colonizadores espanhóis. De lá para cá, não se encontrou substituto à altura. Embora a utilização de corantes sintéticos no início do século XXI tenha reduzido drasticamente a participação do produto no mercado, logo na década de 80 estudos indicavam problemas causados pela alta toxidade do pigmento artificial vermelho. Foi aí que o carmim voltou à pauta, sendo o principal corante de alimentos utilizado hoje2.

Aí vem a questão: e daí? Esse bicho causa algum mal? Bom, a princípio não. Falava-se em câncer, intoxicação alimentar, reações alérgicas e outras balelas. Mas nada concreto. Uma pesquisa tenta provar que ao ingerir o cochonilla, a pessoa corre o risco de ter um choque anafilático. Mas, mesmo assim, nada comprovado. Na internet a gente acha a mesma coisa, geralmente retirado da Wikipedia. Se houverem estudos científicos que comprovem esses males, devem estar em outro idioma. Mas não custa nada continuar pesquisando, né gente?

Pois bem, enquanto não descobrem que tomar suco de uva ou morango faz mal à saúde, podem continuar bebendo a vontade, curtindo com amigos, celebrando a vida com o doce néctar de frutas e tal. Mas fique sabendo, e isso é fato, que você está ingerindo o sangue extraído de milhares de bichinhos, com perninhas e tudo mais. E agora? Como vai ficar sua consciência depois dessa? Rsrs!!!!!

Acho que você nunca reparou nos ingredientes do referido suco, não é mesmo?

 

1 http://pt.wikipedia.org/wiki/Cochonilha

2 http://www.bemalimentado.com/Cochonilha.php

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s